Português Italian English Spanish

Entenda o que é um relacionamento cármico

Entenda o que é um relacionamento cármico


Já teve a sensação que você conhece uma pessoa desde a infância? Ou então sente que pode confiar completamente em alguém que acabou de conhecer? Ou o contrário Pois é, isso acontece. É um relacionamento cármico. Quer entender mais? Continue a ler.  

Quando duas almas terminam o seu período no plano terrestre sem resolver todas as suas questões, as pendências continuam depois da reencarnação. Esse é o motivo de duas pessoas terem a sensação de “sempre terem se conhecido”. 

Essa sensação é apenas uma memória de vidas passadas, uma sensação das almas que se encontram novamente e buscam resolver as questões que não puderam ser completas no curto espaço de uma vida humana. 

Esse relacionamento cármico pode aparecer em qualquer local, com qualquer pessoa. Entre amigos, inimigos, namorados, relação sugar (sugar daddy com disponível uol), relação de professor e aluno. 

Qualquer que seja a relação, é possível que haja pendências astrais. Normalmente quando há relação de poder entre as partes, isso é algum tipo de ensinamento cósmico. Pessoas arrogantes tendem a reencarnar em condições humildes. 

Todo o objetivo da reencarnação, na doutrina espírita, busca a elevação espiritual do ser humano. Se reencarna para que a alma aprenda, ao viver experiências que uma vida apenas não seria capaz de proporcionar. 

Os relacionamentos cármicos, nesse contexto, existem para contribuir com essa evolução espiritual, afinal permitem que pendências sejam resolvidas e que a alma se cure dos sofrimentos e incompletudes da última existência. 

Portanto, siga os seus instintos. Se você sente que uma pessoa te faz bem, se você sente que existe algo de especial em algum relacionamento, provavelmente, se trata de um relacionamento cósmico. 

Valorize essas relações e se permita aprender com essas experiências, permitindo que a sua alma evolua e alcance o ápice da sua evolução espiritual. Não duvide do seu eu interior.

Por: Geovanna/Redação